Meu dia em Pádua

Informações Práticas:

Hospedagem: Hotel Il Ghiro – Via Luigi Negrelli, 21. No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 91,65 Euros (30 Euros com a diária do Hotel – diária de 60 Euros, dividida por dois viajantes; 18 Euros com as passagens de ida e volta de trem, compradas antecipadamente; 16 Euros com as atrações turísticas; 27,65 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10):  8 😉

Para saber sobre a cidade, veja o meu post: Informações e atrações de Pádua

O clima em Verona estava fantástico e foi um dos motivos para eu acordar cedo. Meu trem para Pádua partiria às 07h59, pontualidade italiana. Em menos de uma hora, cheguei na cidade. Na própria estação há um ponto de informações turísticas. Foi um dos poucos que encontrei aberto durante a minha viagem pela Itália. Muitos possuem horários de atendimento diferenciado, iniciando as atividades às 10h ou sem expediente pela manhã. Se eu fosse depender desses pontos turísticos para algo como muitos turistas fazem, ocasionaria um atraso gigantesco em meu roteiro. Devido a esses contratempos, é muito importante possuir um roteiro planejado e um mapa da cidade, facilmente encontrado na internet.

Continuar lendo

Anúncios

Informações e atrações de Pádua

A cidade da Cappella degli Scrovegni, conhecida pelos conservados afrescos de Giotto, e da grandiosa Basílica de Santo Antônio de Padova, Pádua (em italiano: Padova) transmite religiosidades em toda a sua extensão.

Sede de uma antiga e prestigiosa universidade, com quase 800 anos de existência – a Universidade de Pádua – a cidade apresenta inúmeros testemunhos de um rico passado histórico, cultural e artístico, que fazem com que seja um notório destino turístico. Atualmente a cidade é um importante centro econômico, e um dos maiores centros de transporte intermodal de toda a Europa.

Continuar lendo