Meu dia em Pádua

Informações Práticas:

Hospedagem: Hotel Il Ghiro – Via Luigi Negrelli, 21. No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 91,65 Euros (30 Euros com a diária do Hotel – diária de 60 Euros, dividida por dois viajantes; 18 Euros com as passagens de ida e volta de trem, compradas antecipadamente; 16 Euros com as atrações turísticas; 27,65 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10):  8 😉

Para saber sobre a cidade, veja o meu post: Informações e atrações de Pádua

O clima em Verona estava fantástico e foi um dos motivos para eu acordar cedo. Meu trem para Pádua partiria às 07h59, pontualidade italiana. Em menos de uma hora, cheguei na cidade. Na própria estação há um ponto de informações turísticas. Foi um dos poucos que encontrei aberto durante a minha viagem pela Itália. Muitos possuem horários de atendimento diferenciado, iniciando as atividades às 10h ou sem expediente pela manhã. Se eu fosse depender desses pontos turísticos para algo como muitos turistas fazem, ocasionaria um atraso gigantesco em meu roteiro. Devido a esses contratempos, é muito importante possuir um roteiro planejado e um mapa da cidade, facilmente encontrado na internet.

Continuar lendo

Anúncios

Informações e atrações de Pádua

A cidade da Cappella degli Scrovegni, conhecida pelos conservados afrescos de Giotto, e da grandiosa Basílica de Santo Antônio de Padova, Pádua (em italiano: Padova) transmite religiosidades em toda a sua extensão.

Sede de uma antiga e prestigiosa universidade, com quase 800 anos de existência – a Universidade de Pádua – a cidade apresenta inúmeros testemunhos de um rico passado histórico, cultural e artístico, que fazem com que seja um notório destino turístico. Atualmente a cidade é um importante centro econômico, e um dos maiores centros de transporte intermodal de toda a Europa.

Continuar lendo

Filmes para ver e se sentir na Itália!

Assistir filmes que tenham como cenário o próximo país que você vai conhecer ajuda imensamente na construção do seu roteiro e servem para aumentar a sua excitação e imaginação sobre o lugar. Em alguns, o próprio país se torna coadjuvante (às vezes, protagonista), oferecendo belíssimas imagens das cidades. A Itália é um dos locais prediletos dos cineastas e muitas cidades do meu roteiro foram incluídas devido a filmes que assisti e me apaixonei pelas paisagens. Veja abaixo uma lista com filmes para começar a sua viagem:

Continuar lendo

Meu segundo – e último – dia em Florença

Informações Práticas:

Hospedagem: Locanda di Firenze – Via Faenza 12, San Lorenzo, 50123 Florença. No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 81,50 Euros (24,50 Euros com a diária do Hotel – diária de 49 Euros, dividida por dois viajantes; 22 Euros com as atrações turísticas; 35 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10): Impossível não dar 10 para Florença 😉

Para saber sobre a cidade, veja o meu post: Informações e atrações de Florença

Roteiro do dia: Clique AQUI para ver o mapa no Google com o meu roteiro do dia!

Para não esperar horas na fila, acordei muito cedo e fui direto para visitar a Cúpula do Duomo. Também conhecido como a Basílica di Santa Maria del Fiore, o Duomo deslumbra a todos, principalmente com a sua maravilhosa cúpula – obra do aclamado arquiteto renascentista Brunelleschi e pelo Campanário, de Giotto.

São 463 degraus para chegar até à cúpula e não há nenhum elevador. Um AVISO muito importante: se você possui problemas cardíacos ou claustrofobia, NÃO suba! Além do calor infernal, a passagem com escadas é muito estreita e extremamente sufocante. Alguns turistas começaram a passar mal já no início e eu comecei quase no final. Ao chegar no topo, levei alguns minutos para me recuperar, pois fiquei tonto e com muita falta de ar… e olha que eu não tenho essas coisas, imagina quem já possui algum fator para isso. Mas, depois de tanto sacrifício, uma recompensa: a vista da cidade do topo da cúpula é magnífica.

12

A entrada para subir à cúpula é a esquerda do Duomo.

Continuar lendo

Meu primeiro dia em Florença

Informações Práticas:

Hospedagem: Locanda di Firenze – Via Faenza 12, San Lorenzo, 50123 Florença. No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 108,09 Euros (24,50 Euros com a diária do Hotel – diária de 49 Euros, dividida por dois viajantes; 26 Euros com a passagem de trem comprada antecipadamente; 24 Euros com as atrações turísticas; 33,59 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10): Impossível não dar 10 para Florença 😉

Para saber sobre a cidade, veja o meu post: Informações e atrações de Florença

Roteiro do dia: Clique AQUI para ver o mapa no Google com o meu roteiro do dia!

O dia que deixei Veneza e segui para uma das maiores cidades da Itália foi melancólico. Arrumei minha mochila devagar e a saudade já apertava no peito. Se eu pudesse, com certeza ficaria mais alguns dias na cidade. Peguei o vaporetto e desci na Estação Santa Lucia. Admirei mais uma vez a imagem que me emocionou ao desembarcar em Veneza. Mas a vida segue e já estava quase na hora do trem partir para Florença, a cidades das artes!

Continuar lendo

Informações e atrações de Florença

Florença (em italiano: Firenze), um dos berços das várias facetas das artes, da criatividade, do Renascimento Italiano e uma das cidades mais belas do mundo. Capital e maior cidade da região da Toscana e da província homônima, cresceu às margens do Rio Arno, sobre o qual ainda imperam deslumbrantes pontes ancestrais. Sua origem remota em um antigo povoado etrusco e foi governada pela família Médici desde o início do século XV até meados do século XVIII. O primeiro líder da cidade pertencente à família Médici foi Cosme, o Velho, que chegou ao poder em 1437.

Continuar lendo

Meu dia em Nápoles

Informações Práticas:

Hospedagem: Maison Vaticana – Via Ottaviano, 42 | 00192, Roma. No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 85,80 Euros (32,50 Euros com a diária do Hotel – diária de 65 Euros, dividida por dois viajantes; 3,80 Euros com a passagem Sorrento/Nápoles; 22 Euros com a passagem de trem Nápoles/Roma; 27,50 Euros com as atrações turísticas; 15 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10): 7… Não gostei muito de Nápoles!

Para saber sobre a cidade, veja o post: Informações e atrações de Nápoles

Roteiro do dia: Clique AQUI para ver o mapa no Google do meu roteiro do dia!

Ao visitar Nápoles, iniciou-se o que eu chamo de “processo de despedida”. Depois de vinte e cinco dias na Itália, era impossível não sentir um pouco de tristeza. Em compensação, a saudade da minha casa, mãe, do meu cachorro, etc, era imensa. Viajar por muito tempo é muito bom, principalmente por fazer você aumentar o valor pelas coisas e pessoas que estão em sua vida.

Continuar lendo

Informações e atrações de Nápoles

Caótica para alguns, fascinante para outros, assim é Nápoles, uma das maiores contradições italianas. Após Roma e Milão, é a terceira cidade mais populosa do país e um dos portos mais importantes para a economia da Itália. Tem origem na antiga cidade grega de Neapolis e foi conquistada pelos romanos no século IV a.C. No século VI d.C., passou para domínio bizantino e, no século VIII, constituiu-se em ducado independente.

Em 1139, passou a pertencer ao Reino da Sicília. A universidade foi fundada em 5 de Junho de 1224. Passou a ser, no final do século XVIII, a capital do reino. Em 1282, passou para a coroa de Aragão, sendo denominado reino de Nápoles. No século XIX, passou a ser independente, sendo anexada ao Reino da Sardenha em 1860 e ao Reino de Itália em 1861.

Continuar lendo

Meu terceiro – e último – dia em Veneza

Informações Práticas:

Hospedagem: Hotel Caneva – Sestiere de Castello, 5515, Veneza . No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 59,60 Euros (25 Euros com a diária do Hotel – diária de 50 Euros, dividida por dois viajantes; 34,60 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10):  Quem, em sã consciência, não dá 10 para Veneza?! 😉

Para saber sobre a cidade: veja os posts na categoria VENEZA.

Para encerrar a minha estadia na deslumbrante Veneza, fui visitar as famosas ilhas Murano, Burano e Torcello (para saber sobre as ilhas, veja o post do blog com as informações sobre elas). Como visitar as ilhas: De vaporetto. Veja o post do blog com as informações sobre o transporte e no MAPA as linhas que fazem o trajeto até as ilhas.

Continuar lendo

Meu segundo dia em Veneza

Informações Práticas:

Hospedagem: Hotel Caneva – Sestiere de Castello, 5515, Veneza . No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 106,94 Euros (25 Euros com a diária do Hotel – diária de 50 Euros, dividida por dois viajantes; 43 Euros com atrações da cidade; 38,94 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10):  Quem, em sã consciência, não dá 10 para Veneza?! 😉

Para saber sobre a cidade: veja os posts na categoria VENEZA.

Roteiro do dia: Clique AQUI para ver o mapa no Google com o meu roteiro do dia!

Algumas pessoas preferem acordar e tomar o café da manhã no hotel. Faço parte do outro grupo: gosto de, a cada dia, tomar o café em um local diferente para experimentar outras delícias do país. Sem contar que o café no hotel é, geralmente, muito mais caro do que você tomar em uma charmosa e simples confeitaria e sempre possui as mesmas coisas. Nesse dia, parei no espaço onde acontecesse o Mercado de Rialto e encontrei uma pequena lanchonete, um pouco escondida, e tomei um café com um croissant de nutella maravilhoso!

Continuar lendo