Atrações de Berlim – Ilha dos Museus

A Ilha dos Museus – Museumsinsel – é uma pequena ilha do rio Spree, localizada no centro de Berlim, e abriga os cinco museus mais famosos da cidade: o Museu Pergamon, o Altes Museum, o Neues Museum, o Alte Nationalgalerie e o Museu Bode.

Desde 1999, a Ilha dos Museus pertence ao patrimônio mundial da UNESCO, na qualidade de conjunto arquitetônico e cultural único. No sul da ilha, perto da ponte do castelo e da catedral de Berlim, está localizado o Antigo Museu, perante o qual se estende o Jardim dos Prazeres “Lustgarten”. Ao norte encontra-se o Novo Museu, bem como a antiga Galeria Nacional. O Museu Pergamon está situado ao lado do”Kupfergraben”, e por último encontra-se o Museu Bode.

Para facilitar, você pode ver as atrações deste post no mapa do Google clicando AQUI!

Como visitar a Ilha dos Museus:

Ingresso Individual: é possível adquirir os ingressos para cada museu individualmente – online (nos links abaixo de cada museu) ou nas bilheterias dos museus. Essa opção só é interessante se você visitar apenas um museu da ilha.

Area Ticket – Bereichskarte: ingresso válido para um dia que possibilita a entrada em todos os museus da ilha. Excelente opção, pois o valor desse ingresso sai mais barato que dois ingressos individuais.

Museu Pass Berlin: válido por 3 dias e você pode visitar mais de 50 museus na cidade – veja a lista AQUI. Compra online pelo site do www.visitberlin.de ou nos postos de informações turísticas da cidade

karte_berlin_museumsinsel

Mapa – Fonte: Wikipédia

– Museu Bode: O museu foi projetado pelo arquiteto Ernst von Ihne e concluída em 1904. Originalmente chamado de Kaiser-Friedrich-Museum , o museu foi rebatizado em homenagem ao seu primeiro curador , Wilhelm von Bode , em 1956. Abriga uma coleção de mais de 50 mil moedas e esculturas, com obras de Tilman Riemenschneider, Donatello, Bernini e Caova. Informações:www.smb.museum

– Museu Pergamon: O local foi projetado por Alfred Messel e Ludwig Hoffmann e foi construído em vinte anos, de 1912 a 1930. Deve seu nome ao famoso altar de Pérgamo, construído durante o reinado de grego rei Eumenes II na primeira metade do século 2 a.C. em um dos terraços da acrópole da antiga cidade grega de Pergamon em Ásia Menor. Possui três acervos: Museu de antiguidades clássica, Museu de Antiguidade do Oriente Próximo e o Museu de Arte Islâmica. Além do Altar de Pérgamo, o museu abriga a Porta do Mercado de Mileto e a Porta de Ishtar, da Babilônia. Informações: www.smb.museum. ATENÇÃO:  de 2014 a 2019, a ala onde se localizada o Altar de Pérgamo ficará fechada para reformas, mas as demais áreas do museu permanecem abertas.

800px-berlin_-_pergamonmuseum_-_altar_01

Altar de Pérgamo – Foto: Wikipédia

– Neues Museum: Construído entre 1843 e 1855, de acordo com os planos de Friedrich August Stüler , aluno de Karl Friedrich Schinkel, o museu foi fechado no início da II Guerra Mundial , em 1939, e foi fortemente danificado durante o bombardeio de Berlim. A reconstrução foi supervisionada pelo arquitecto Inglês David Chipperfield  e oficialmente reaberto em Outubro de 2009. Entre as muitas peças do museu (sarcófagos, murais, esculturas, etc) está o famoso busto de Nerfetiti. Informações: www.smb.museum

– Alte Nationalgalerie: (Old National Gallery) Concluído em 1876, com projetos de Friedrich August Stüler, foi projetado para acolher uma coleção de arte do século 19 doada pelo banqueiro Joachim HW Wagener, a base para o acervo atual. As obras do museu representam o Neoclassicismo, o Romantismo, o Impressionismo, o Simbolismo, o Art Nouveau, a arte Bidermeier e o início do Modernismo. Você verá obras de muitos pintores alemães renomados como Caspar David Friedrich, Karl Friedrich Schinkel, Adolph Menzel, Anselm Feuerbach, Arnold Böcklin, Max Liebermann, mas encontrará obras também dos mundialmente famosos artistas franceses Claude Monet, Pierre-Auguste Renoir, Paul Cézanne, Édouard Manet. São muitas pinturas, mas há também belíssimas esculturas em mármore, incluindo obras de Auguste Rodin. Informações: www.smb.museum

– Altes Museum: O museu foi construído entre 1823 e 1830 pelo arquiteto Karl Friedrich Schinkel no neoclássico estilo para abrigar a Prússia família real coleção de arte. O edifício histórico, protegido conta entre o mais distinto no neoclassicismo e é um ponto da carreira de Schinkel alta. Até 1845, foi chamado o Königliches Museum (Museu Real). Junto com os outros museus e edifícios históricos na Ilha dos Museus, o Altes Museum foi designado pela UNESCO Patrimônio Mundial em 1999. Desde o trabalho de restauração em 2010/11, que abriga os Antikensammlung (coleção de antiguidades) dos Museus Estatais de Berlim. Informações: www.smb.museum.

– Berliner Dom – Catedral de Berlim: a maior igreja protestante da cidade e também uma das atrações mais visitadas e fotografadas. Localizada na Ilha dos Museus, é um dos símbolos de Berlim. Construída entre os anos de 1894 e 1905, possui três igrejas integram o suntuoso prédio: a igreja principal (Predigtkirche), a capela dos batizados e casamentos, e o chamado memorial – onde está a cripta da tradicional família Hohenzollern, um belo cemitério com caixões ornamentados datados dos séculos XII a XVII. Informações: www.berlinerdom.de

141227_berliner_dom

Berliner Dom – Foto: Wikipédia

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s