Atrações de Amsterdã – Bairro Museus

Um dos pontos de encontro mais badalados de Amsterdã, o Museumplein – Praça dos Museus reúne algumas das melhores atrações da cidade: o Museu Rijkmuseum, o Museu Van Gogh e o Museu Stedelijk. É aqui que está localizado o imenso letreiro I AMSTERDAM, muito disputado pelos turistas para fotos. Uma parte da cidade imprescindível para o seu roteiro!

Bairro dos Museus

– Rijksmuseum: Inaugurado no início do século XIX, na cidade de Haia, para exibir a coleção do Primeiro-ministro. Em 1808, o rei Louis Napoleón – irmão de Napoleão Bonaparte – transferiu o museu para Amsterdã. Em 1885, o museu mudou-se para a sua localização atual, com lugar de destaque na Praça do Museu. A construção do arquiteto Pierre Cuypers é ricamente decorada, privilegiando as referências da arte neerlandesa, mas abriu suas portas sob muitas críticas dos protestantes devido ao seu estilo neogótico. A pintura mais famosa do museu é “A Ronda Noturna”, uma obra-prima de Reembrandt, datada de 1642. O acervo conta com obras de Vermeer, Frans Hals, Hendrick Avercamp, entre outros. Informações: www.rijksmuseum.nl

– Van Gogh Museum: Com edificações modernas, o Van Gogh Museum possui o maior acervo do artista do mundo (mais de 200 pinturas e 500 desenhos). O museu refaz toda a arte de Van Gogh, com obras iniciais como “Os comedores de batata” até as produções do final da sua vida. Títulos famosos como “Os Girassóis” e “O Quarto de Dormir em Arles” merecem atenção especial. Na coleção, há uma oleção de obras de outros artistas impressionistas e pós-impressionistas do século XIX, como os franceses Paul Gauguin e Henri Toulouse-Lautrec, amigos pessoais de Van Gogh. Informações: www.vangoghmuseum.nl

– Stedelijk Museum: O Stedelijk é o terceiro pilar da Praça dos Museus (os outros são o Rijksmuseum e o Van Gogh). O Museu de arte moderna possui em seu acervo obras de Picasso, Mondrian, Cézanne, Monet, Pollock, Warhol, Kandinsky e Matisse. Após a reforma, uma nova ala foi agregada – chamada de “banheira” pelo seu formato – oferecendo mais espaço para a grandiosa coleção. Informações: www.stedelijk.nl

– Concertgebouw: A belíssima sala de concertos da cidade, em estilo neorrenascentista, projetada pelo arquiteto Adolf Leonard van Gendt. Graças a sua excelente acústica, o Concertgebouw é considerada como uma das três melhores salas de concerto do mundo, juntamente com a Symphony Hall em Boston e o Musikverein em Viena. Informações: www.concertgebouw.nl

– Coster Diamonds: Uma das mais antigas e movimentadas fábricas de diamantes de Amsterdã. Fundada em 1840, seus artesãos são responsáveis pelas exuberantes obras de arte há mais de 170 anos. É responsável pelo polimentos de inúmeros diamantes famosos, como o Koh-i-Noor (Montanha de Luz), uma pedra azul e branca, que faz parte das joias da coroa da Inglaterra, e o diamante Dresden, pertencente às joias da coroa da Saxônia. No tour pela fábrica, percorre-se a história dos diamantes, com informações sobre a sua formação até ao seu polimento final. Informações para tour:   costerdiamonds.com

– Vondelpark: Criado em 1864, o seu nome original era Parque Novo, mas uma estátua do escritor holandês Joost van del Vondel foi inserida no local, levando os frequentadores a chamá-lo pelo atual nome. Excelente opção para descansar das inúmeras visitas caminhadas pela cidade, o parque é muito popular entre os habitantes locais.

smallsiteplanwithkey

Museumplein – Praça dos Museus. Fonte: people.umass.edu/latour/Netherlands/verel/

Fonte: europizzaproducts.com

Rijksmuseum. Fonte: europizzaproducts.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s