Meu terceiro – e último – dia em Milão

Informações Práticas:

Hospedagem: Hotel Milan Central Flat – Via Giovanni Schiaparelli, a 5 minutos de caminhada da Estação Central de Milão. O apartamento é aconchegante e perfeito para uma estadia na cidade. E o melhor: é próximo das atrações turísticas!

Quanto gastei no dia? 81,75 Euros (37,50 Euros com a diária do Hotel – diária de 75 Euros, dividida por dois viajantes; 18 Euros com as atrações turísticas; 26,25 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10): Ao se depara com o majestoso Duomo da cidade, é impossível não dar 10 😉

Para saber sobre a cidade, veja o meu post: Informações e atrações de Milão

Roteiro do dia: Clique AQUI para ver o mapa no Google com o meu roteiro do dia!

Um dia especial! O motivo? Eu visitaria a Última Ceia, de Leonardo da Vinci. Mudei o meu roteiro devido aos imprevistos para comprar o ingresso pela internet. Só havia vagas para esse dia. E já aviso: Não adianta querer comprar ingresso no dia, pois é impossível. Veja como comprar o ingresso no post Informações e Atrações de Milão.

Como reservei o dia apenas para o Cenacolo Vinciano – A última Ceia de Leonardo da Vinci, o restante eu estava livre para passear pela cidade. Peguei o metrô e desci no Duomo mais uma vez. Como eu já estava familiarizado com o local, foi fácil caminhar pelas ruas paralelas da praça. Para não me atrasar, almocei em um restaurante próximo à praça. O ingresso tem horário marcado e, um pouco antes, já fui em direção à igreja Santa Maria delle Grazie, onde está a famosa pintura de Leonardo.

24

Santa Maria delle Grazie

Ao comprar o ingresso pela internet, eles automaticamente enviam para o seu email um voucher. É só imprimir e apresentar na bilheteria, o qual será trocado pelo ingresso. Após é só aguardar o guarda chamar pelo horário que você escolheu. O grupo de pessoas passará por portas de vidro e, quando você menos esperar, a pintura estará na sua frente.

27

Entrada para a Santa Ceia

É uma sala completamente vazia e, ao mesmo tempo, imensamente ocupada. Há bancos onde você pode sentar e ficar admirando a obra. Um aviso: o tempo é limitado! Chegue perto, aprecie os detalhes fantásticos, a textura e a belíssima composição criada por Leonardo da Vinci. E não esqueça: é expressamente proibido tirar fotos. Mas, para falar a verdade, diante da grandeza da obra você esquece a máquina fotográfica.

Após o guarda avisar que o horário do meu grupo estava terminando, terminei de admirar a obra e segui para a saída. Para terminar com chave de ouro a minha estadia em Milão, voltei para o Duomo e fui procurar os Panzerottis do Luini, que é tipo um pastelzinho, com massa maravilhosa e recheios melhores ainda, muitos famosos na cidade. Se você conseguir, não deixe de provar!

dove_siamo

Endereço do Luini – Fonte: http://www.luini.it

Para apreciar mais a cidade, voltei a pé para o flat e, passando frente a uma grande confeitaria, comprei vários doces – com Nutella, óbvio – para lanchar enquanto arrumava as malas. A minha estadia na cidade foi de poucos dias, mas isso já contribuiu para o aumento da minha bagagem. Após deixar tudo organizado no flat, abri uma legítima birra – cerveja – italiana na sacada e brindei a Milão, a minha primeira cidade na Itália e que já me fez amar o país…

Para ver a minha hospedagem em Milão, clique no post Hospedagem – Milão.

Anúncios

2 comentários sobre “Meu terceiro – e último – dia em Milão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s