Vai viajar? Não veja blogs, guias e sites de viagens…

… pelo menos por um dia!

Viajar para outro país sempre será – principalmente para quem nunca saiu do Brasil – uma experiência única e repleta de emoções. Juntamente com esse frenesi, a insegurança se aloja rapidamente. Questões práticas e essenciais para não ocorrer nenhum imprevisto são prioridades. Esse conjunto inclui a hospedagem, transporte, alimentação, etc, o básico para um turista. Em segundo plano – paralelamente ao primeiro – estão às atrações turísticas, o que a cidade possui de relevante, passeios, etc.

Alguns turistas – e eu me incluo nesse grupo – fazem um planejamento minucioso durante muito tempo antes da viagem. Para exemplificar, quando desembarquei em Milão, eu conhecia até os caminhos por entre as ruas, decorados depois de horas no Google Maps. Auxiliei muitos turistas com questões práticas como se eu vivesse na cidade durante anos. Esse é o grande trunfo do planejamento da sua viagem.

Conversando com uma amiga, fiquei espantado quando ela afirmou: “Eu não planejo nada, apenas reservo o hotel para não ficar na rua. O restante das decisões fica para quando eu chegar no local…” Durante muito tempo imaginei a situação: estar em uma cidade e não saber nada sobre ela. Em minha mente, que trabalha viagens como algo extremamente organizado, era impossível aceitar algo assim.

Mesmo com imensa relutância, decidi que iria experimentar esse modo “diferente” de viajar. Minha curiosidade pelo inesperado foi mais forte que meu comportamento obsessivo por planejamento. Durante minha viagem pela França deixei a cidade de Rouen (uma hora e meia de viagem partindo de Paris) completamente no “limbo”. O único fato que eu sabia sobre ela era que Joana d´Arc foi queimada na praça central da cidade. Reservei apenas o hotel e, com grande sacrifício, não pesquisei sobre as atrações turísticas e tudo o que a pequena Rouen poderia oferecer para um turista.

Desembarquei na cidade com grande ansiedade, pois não sabia absolutamente nada. Confesso que foi algo muito estranho. Durante minha estadia fui obrigado a conversar com vários habitantes locais e acabei descobrindo coisas fantásticas sobre a história, locais e eventos que não estão descritos em nenhum meio de comunicação sobre viagens.

Para exemplificar: ao chegar a Église de Saint Jeanne D’Arc (a moderna igreja dedicada a Joana D´Arc) antes do horário de abertura – algo que jamais aconteceu comigo – conheci uma senhora que também aguardava para entrar e rezar. A conversa foi extremamente enriquecedora, pois ela, professora aposentada, me relatou grandes fatos sobre a história da jovem de origem simples que desde os 12 anos dizia ouvir vozes do céu lhe confiando a missão de libertar a França do domínio inglês. Se eu chegasse no horário, como é de praxe em minhas viagens, eu perderia essa “aula” sobre Joana D´Arc e a cidade!

Outra vantagem? Caminhar pelas ruas, sem a obsessão por horários e com um mapa nas mãos é algo libertador. Soltar as “correntes imaginárias” por alguns momentos é algo benéfico para novas aventuras. Devido à insegurança gerada pelo desconhecido, nenhum detalhe passa despercebido e a interação com todos os elementos é infinitamente maior. Evidentemente que é necessário a sua disposição – e cuidado – para descobrir o local e o seu “instinto de turista” deve prevalecer.

Sigo minha vida de turista ávido por planejamento, compartilhado com todo o fervor que a paixão por viagens me proporciona neste blog, mas aviso: esquecer blogs, guias e sites de viagens, pelo menos por um dia durante a viagem, é uma experiência riquíssima!

800px-Rouen_rues_jnl_3

Place du vieux marché, Rouen, França

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s