Atrações de Veneza – San Marco, San Polo e Santa Croce

SAN MARCO

O bairro – sestiere – mais central e famoso de Veneza, onde está a grandiosa Praça e a Basílica de San Marco. Inclui a ilha de San Giorgio Maggiore.

– A Praça San Marco – Piazza San Marco: O lugar mais visitado da cidade, a praça San Marco foi descrita por Napoleão como a “mais elegante sala de estar da Europa”. Seu tamanho era menor, mas foi estendida em 1177 quando alguns pontos ao seu redor foram aterrados. Todos os dias, centenas de turistas, fotógrafos, poetas, artistas, etc, a visitam e é o ponto de encontro central e um dos mais conhecidos da Itália. Com vários vendedores de petiscos para os pombos, a tradição é a famosa foto dos turistas oferecendo alimento aos pássaros. Dezenas de cafés e restaurantes compõem sua estrutura e o fluxo de pessoas é constante, mesmo à noite. Linha do vaporetto: San Marco. Site: www.associazionepiazzasanmarco.it

– Basílica di San Marco: Um dos maiores ícones italianos, a Basílica é uma construção bizantina localizada ao lado do Palácio dos Doges. Atualmente é a sede da arquidiocese católica de Veneza. Sua estrutura é em forma de cruz grega e sua arquitetura é espetacular, principalmente se você lembrar que ela está sobre as águas. Dica: roupas curtas, como shorts ou regatas, não são permitidos. Os funcionários emprestam, na entrada da Basílica, um pano para você se cobrir. Linha do vaporetto: San Marco. Site: www.basilicasanmarco.it

1024px-Venice_-_St._Marc's_Basilica_02

Fonte/foto: Wikipédia

– Campanário di San Marco: Juntamente com a Basílica e a Piazza San Marco, forma a tríade turística de Veneza. O campanário é uma torre de 98,6 metros de altura. Em 14 de julho de 1902, ele desmoronou. Não houve vítimas e, logo em seguida, iniciaram os trabalhos para a sua reconstrução. O novo campanário foi inaugurado em 25 de abril de 1912. No site da Basílica de San Marco, é possível ver os horários e o preço para subir no campanário. Linha do vaporetto: San Marco. Site: www.basilicasanmarco.it

800px-San_Marco-00

Foto/fonte: Wikipédia

– Palazzo Ducale – Palácio dos Doges: Construído entre 1309 e 1424, o palácio foi a antiga sede do Doge de Veneza e da magistratura veneziana. Atualmente, é o Museu Cívico do Palazzo Ducale. Magnífico em sua decoração, possui pinturas espetaculares, como a de Tintoretto – o Paraíso – considerada a maior pintura em tela do mundo, localizada na sala mais importante do palácio: a Câmara do Grande Conselho, onde reuniões da legislatura eram organizadas. Na parte de trás do palácio, encontra-se a famosa Ponte dos Suspiros, anexa à prisão. É possível atravessá-la e conhecer o lugar onde os prisioneiros ficavam. Linha do vaporetto: San Marco. Site: www.palazzoducale.visitmuve.it

800px-Wenecja_Palac_Dozow

Fonte/foto: Wikipédia

– Ilha de San Giorgio Maggiore: A Basílica de São Jorge Maior está localizada na pequena ilha de San Giorgio Maggiore, em frente à praça San Marco. Construída pelo famoso arquiteto de Vicenza Andrea Palladio, é uma das suas obras mais famosas. A finalização da construção ocorreu em 1576, mas a fachada foi completada somente trinta anos depois por Vicenzo Scamozzi. Aqui encontram-se as últimas obras de Tintoretto. Linha do vaporetto: San Giorgio.

1024px-Venice09

Fonte/foto: Wikipédia

SAN POLO

É o menor bairro da cidade e onde está localizado o principal mercado de Veneza. A parte ocidental do bairro é conhecida atualmente pelas suas igrejas, enquanto que a oriental, por vezes chamada simplesmente “Rialto”, é conhecida pelos palácios e pequenas casas. É o local onde está a ponte mais famosa da cidade: a Ponte Rialto (próximo post sobre as pontes de Veneza).

– Campo San Polo: Maior campo de Veneza e o mais popular, depois da praça San Marco. Atualmente é utilizado para festivais, concertos musicais, grandes reuniões e comemorações do carnaval de Veneza. Linha do vaporetto: San Silvestro.

Campo San Polo-4

Foto/fonte: cosafarea.it

– Basílica de Santa Gloriosa dei Frari: Localizada no Campo dei Frari, a construção dessa igreja demorou quase um século para ser finalizada. O campanário possui 83 metros de altura, sendo o segundo mais alto da cidade, após o campanário da Piazza San Marco. Linha do vaporetto: San Tomá.

800px-Basilica_di_Santa_Maria_dei_Frari_-_Venezia

Foto/fonte: Wikipédia

SANTA CROCE

O nome é uma referência a Santa Cruz de Jesus Cristo. É o único sestiere com uma parte para circulação de automóveis, pois é o local onde está localizado o parque de estacionamento da Piazzale Roma.

– Ca’Pesaro: Sede da Galeria Internacional de Arte Moderna e do Museu de Arte Oriental, construído a pedido da nobre família Pesaro. Após, foi adquirido pela Duquesa Felicita Bevilacqua, que destinou o grandioso palácio para a galeria. Na coleção, há obras de Kandinsky, Klee, Matisse, etc. Destaque para a obra Giuditta II (Salomé), de Klimt. Linha do vaporetto: San Stae. Site: www.capesaro.visitmuve.it

Ca'_Pesaro

Foto/fonte: Wikipédia

No próximo post, as Ponte de Veneza e as Ilhas de Murano, Burano e Torcello

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s