Meu dia em Assis

Informações Práticas:

Hospedagem: Le Grazie – Via Madonna delle Grazie 11, Assis. No post Minhas hospedagens na Itália, comentei sobre todos os hotéis que fiquei no país, com informações e dicas.

Quanto gastei no dia? 80,45 Euros (27,50 Euros com a diária do Hotel – diária de 54 Euros, dividida por dois viajantes; 11,75 Euros com a passagem de trem; 41,20 Euros na cidade, com refeições, lembranças, etc)

Nota turística (de 0 a 10):  8 😉

Para saber sobre a cidade, veja o meu post: Informações e atrações de Assis

Depois de quinze dias de viagem, a mala já estava um pouco pesado e encontrar um espaço era um trabalho árduo. Para agilizar, enquanto tomava café, já solicitei para a recepcionista fechar a minha conta do hotel em Florença. E, pela última vez nessa viagem, caminhei até a estação Santa Maria Novella, meu local de saídas e chegadas durante minha estadia na cidade. Embarquei no trem, que chegou pontualmente às 8h02, e segui para Assis.

A pequena estação da cidade estava deserta. Minha sorte foi que levei um mapa – que imprimi da internet – com as orientações para chegar até o hotel. Não encontrei ninguém inclusive nas ruas. Imaginei que poderia ser um dia santo ou feriado, mas não encontrei nada em minhas pesquisas. Ao chegar ao hotel, vi o primeiro habitante da cidade – o recepcionista -, que foi extremamente gentil, oferecendo um guia da cidade e anotando todas as informações possíveis, como pontos de ônibus, as atrações imprescindíveis e restaurantes próximos. O quarto era ótimo, com um banheiro espaçoso. Rapidamente, deixei as malas no hotel, tomei uma ducha e segui para visitar a primeira atração.

Próxima ao hotel, a Catedral Santa Maria Degli Angeli abriga algo de valor incalculável: a Porciúncula (Informações e atrações de Assis, clique AQUI). A imensa e suntuosa catedral foi construída unicamente para abrigá-la. Minúscula, a pequena igreja é o local mais sagrado para a Ordem Franciscana, já que foi o local onde morreu São Francisco de Assis. A contradição entre as duas igrejas – a catedral e a Porciúncula – é evidente e mostra o que realmente São Francisco pregou: a simplicidade. Infelizmente, não é possível tirar foto no interior da catedral.

Como é proibido tirar foto no interior da igreja, essa é da Wikipédia.

Como é proibido tirar foto no interior da igreja, essa é da Wikipédia.

Ao sair, comprei os bilhetes de ônibus para visitar a cidade antiga – no alto de uma colina – em uma banca de jornal em frente à catedral (os bilhetes também são vendidos nas tabacarias e lojas de lembrancinhas). Já aproveitei e comprei o passe para retornar no final do dia. O ponto de ônibus era próximo e, em poucos minutos, já estava na entrada da cidade, onde se localiza a Basílica de São Francisco. Antes de continuar o percurso, procurei um restaurante para almoçar e encontrei um que, por um valor, pode-se escolher entre alguns pratos, como massas, frango, etc, uma espécie de buffet onde os funcionários servem o seu prato.

Os fregueses do restaurante eram todos brasileiros. Faziam parte de várias excursões que chegaram juntas ao local. Visto de outro ângulo, o cenário era idêntico ao de Aparecida do Norte. O prato, apesar de ser servido as pressas, estava delicioso. Só o frango com alecrim valia o preço. Após terminar, descansei alguns minutos observando as dezenas de barracas de lembrancinhas em frente ao restaurante. Depois de uma curta caminhada, cheguei à Basílica.

Assis 2

A construção religiosa é gigantesca e, mesmo com suas dimensões, quase não consegue suportar as centenas de turistas que a visitam. Decorada por Cimabue, Pietro Lorenzetti, Simone Martini e Giotto, a Basílica é dividida em três partes: a Basílica inferior, a cripta e o convento e a Basílica superior. É na cripta que estão os restos mortais de São Francisco. Com afrescos belíssimos e ricamente decorada, foi uma das igrejas mais bonitas que visitei na Itália. A loja de lembrancinhas no interior é ótima e os preços estavam na média – ou inferiores – aos encontrados em lojas da cidade.

Basílica de São Francisco de Assis

Basílica de São Francisco de Assis

assis 5

Há vários pombos nas igrejas e em locais especiais para eles

Em todas as partes e cantos da cidade há referências a São Francisco e Santa Clara, em uma demonstração de fé e devoção aos santos. Pelas pequenas ruas, onde estão casas antigas e preservadas, senhoras rezavam na janela ou molhavam os seus vasos de flores. O que pode chamar muito a sua atenção – eu fiquei encantado várias vezes – são as confeitarias. Os doces são deliciosos, com várias opções e ingredientes (cuidado: veja e pergunte o valor antes de pedir).

assis 4

Com um pedaço de massa folhada repleta de castanhas e figos, visitei a Igreja de Santa Clara. Ao conhecer São Francisco, ela aderiu aos seus princípios, seguindo seus passos, tornando-se uma das suas mais fiéis seguidoras. O local possui uma vista incrível. Mais um motivo para você sentar nos bancos próximos à igreja e comer outro doce. Como as confeitarias, a cidade é uma saborosa experiência, repleta de novos sabores e encantos.

assis 3

Igreja de Santa Clara

Anúncios

2 comentários sobre “Meu dia em Assis

  1. Maravilha!!! Em 2014 fui à Itália más não consegui visitar Assis! Pretendo voltar e visitar outras cidades que deixei passar batido! Excelente blog! Parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s