Informações e Atrações de Cinque Terre – Cinco Terras – 5T

Ao iniciar meu roteiro italiano, as Cinco Terras – Cinque Terre não faziam parte dele. Como qualquer turista – antes de iniciar o planejamento e pesquisa para uma viagem – elaborei uma lista com cidades de fama mundial: Milão, Roma, Veneza, etc. Adquirindo o conhecimento sobre o país, inseri cidades que, de certa forma, se “mostraram” para mim. Vicenza, San Gimignano e Assis foram algumas delas. Mas ao ver fotos e vídeos sobre Cinque Terre, não pensei duas vezes. Além de ganhar um lugar de destaque no roteiro, marquei como imprescindível.

O nome provém dos cinco vilarejos que fazem parte do conjunto: Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso. Situadas na costa da Riviera Ligure, é uma acidentado trecho de terra na encosta do mar, que foi declarado pela Unesco como patrimônio da humanidade. Em 1999, foi instituído o Parque Nacional de Cinque Terre, com o objetivo máximo de proteger o maravilhoso local. Os vilarejos ficam encravados na rocha, com uma imagem surreal do incrível mar azul e suas ondas de cor branca, que se chocam com as grandes pedras, proporcionando um espetáculo majestoso da natureza.

Infelizmente, no dia 25 de outubro de 2011, uma tempestade violenta atingiu a costa e as cidades de Vernazza – considerada a mais encantadora – e Monterosso sofreram grandes destruições. Desde então, o governo e voluntários auxiliam na construção do local. As outras três – Corniglia, Manarola e Riomaggiore – não sofreram muitos danos e estão abertas à visitação. O trecho preferido dos turistas, a Via dell’Amore, entre Manarola e Riomaggiore, também está com o trânsito aberto.

Minha viagem foi em julho de 2011 e fui contemplado em ver os vilarejos em seu total esplendor. Quando soube da grande tempestade, fiquei entristecido ao ver as imagens das águas invadindo as pequenas ruas pelas quais andei. Acredito na boa vontade das pessoas e na certeza que as Cinco Terras, assim como uma Fênix, retornarão mais belas, para continuar encantando os turistas do mundo inteiro.

O percurso:

De Riomaggiore a Manarola: extensão de 1km. Duração: 30m pela trilha Via dell´Amore ou 2m de trem.

De Manarola a Corniglia: extensão de 2km. Duração: 1h pela trilha ou 4m de trem.

De Corniglia a Vernazza: extensão de 4km. Duração: 1h30m pela trilha ou 5m de trem.

De Vernazza a Monterosso: extensão de 3km. Duração: 2h pela trilha ou 5m de trem.

OBS: É possível fazer o trajeto entre alguns dos vilarejos de barco. Procure nos ancoradouros as empresas que fornecem o serviço. Ou seja, há três opções para o percurso: pelas trilhas, de trem e de barco. Há a opção de carro, pois os vilarejos são ligados por uma estrada no alto da montanha, mas os estacionamentos são separados das vilas.

Mapa:

cinque terre mapa

Fonte – Mapa: https://cinqueterre.a-turist.com/map

Como chegar: De Florença – Trem em direção a La Spezia (poderá haver conexão em Pisa Centrale). De La Spezia, trem em direção a Monterosso. Duração aproximada de 3h; De Gênova – Trem em direção a Monterosso (poderá haver conexão). Duração aproximada de 1h30;

Importante: deve-se adquirir o Cinque Terre Cardwww.cinqueterre.com/ita/information/card -, disponível em duas versões: o Cinque Terre Card, que permite transitar entre os vilarejos e utilizar o serviço de ônibus e o Cinque Terre Card Treno, que inclui os benefícios do Cinque Terre Card mais viagens ilimitadas de trem entre os vilarejos (dica: compre este). Há opções de cards para um ou dois dias e podem ser adquiridos nas estações de trem ou nos postos de informações turísticas. Aproveite para pegar uma lista com os horários dos trens e um mapa das 5T.

Atrações: Os próprios vilarejos são as magníficas atrações. Caminhe pelas pequenas ruelas e encontre charmosas igrejas, lojinhas com produtos regionais e excelentes cafés e restaurantes, todos adornados com o espetáculo natural que a paisagem oferece.

Dicas: O percurso que você não pode deixar de fazer a pé é a Via dell´Amore. Um passeio fantástico e com vistas incríveis, sendo o mais tranqüilo e fácil. As outras ligações entre as vilas você poderá fazer de trem, o que será ótimo se o sol estiver muito quente; Não se esqueça de levar água e lanches, pois os preços nas vilas são muito altos; Calcule a sua permanência em cada vila para conseguir realizar todas, se o seu tempo de permanência for de apenas um dia. No verão, os trens ficam lotados; É possível fazer um bate-e-volta partindo de Florença (foi a minha escolha), mas o deslocamento até as 5T é cansativo, mas não impossível.

Sites: www.cinqueterre.comwww.cinqueterreonline.com

5 t 1

As magníficas vistas das Cinque Terre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s